sexta-feira, 12 de julho de 2013

Prefeitura desapropria área do Aeroclube e Campina ganha fábrica de aviões

A fábrica Paradise será instalada no distrito de São José da Mata, a área possui 3,5 hectares e atualmente é ocupada pelo Aeroclube de Campina Grande


O prefeito em exercício Ronaldo Cunha Lima Filho assinou na manhã desta sexta-feira (12), o decreto de desapropriação da área onde será construída a primeira fábrica de aeronaves de Campina Grande.

A fábrica Paradise será instalada no distrito de São José da Mata, a área possui 3,5 hectares e atualmente é ocupada pelo Aeroclube de Campina Grande.

Ronaldo Filho declarou que a instalação da fábrica de aeronaves será um marco na história de Campina Grande, e deverá ocorrer nos próximos quarenta dias, promovendo a geração de renda e novos empregos na cidade.

Segundo os advogados do Aeroclube de Campina Grande, Jefferson Arruda e o ex-vereador Cassiano Pascoal, a desapropriação servirá tanto para os interesses do município de Campina Grande, como do próprio clube, pois a PMCG procederá com o asfaltamento da atual pista de pousos e decolagens, em acordo com as especificações da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), viabilizando, assim, a instalação da fábrica de aviões Paradise.

"O Aeroclube de Campina Grande tem um área de 23 hectares, desta apenas 3,5 serão desapropriadas. A PMCG conseguiu a instalação da Paradise, e o Aeroclube terá uma pista de pouso e decolagem nas qualificações da Anac. Parabéns à Prefeitura pela iniciativa e à diretoria do Aeroclube pelo desprendimento", ressaltou Cassiano Pascoal.

Na solenidade também estiveram presentes o secretário de Desenvolvimento Econômico, Luís Alberto Leite, o secretário de Planejamento, Márcio Canielo, e um dos integrantes da diretoria do aeroclube, o piloto José Leite de Lima.

Fonte: Rede Esperança